Cordel de Lore #5 – Os Vilões de Throne of Darkness!

lumina-avy

E enfim chega o release que marca o ínicio da nova Saga do AdventureQuest Worlds, a Throne of Darkness. Antes de ler eu recomendo que leia essa Design Notes e também leia a tradução das cutscenes do evento, feita pelo Hoguorotus aqui. Se trata basicamente de uma reunião entre os 7 vilões mais poderosos da porção nordeste do continente principal. E a razão para esse encontro é você. Esse é o primeiro Cordel de Lore que eu escrevo então espero que vocês gostem. O que está esperando? Clique no botão abaixo e allons-y!

CangasBar

Toda a história é contada a partir do ponto de vista deles, ou seja, o Hero é o antagonista e os 7 “vilões” são os protagonistas aqui. Eles não se conhecem, foram reunidos por um ser misterioso, nomeado nas cutscenes como o sombrio Mysterious Figure. Então, imaginemos o Hero como um vandâlo sem quaisquer grandes objetivos em mente, que anda incomodando pessoas poderosas com suas peripércias de “Herói”. Como por exemplo, invadir propriedades a fim de afanar os tesouros que a mesma possui e lesão corporal contra criaturas indefesas que carregam consigo mesmas apenas Treasure Chests. Sim, você é um sujeito impertinente, mesquinho e egoísta que gosta de pertubar o juízo dos outros.

Agora que você tem uma breve ideia da sinopse da Saga, podemos começar a falar sobre os nossos protagonistas. Se você vem lendo minhas traduções das Design Notes até aqui, saberá que cada um desses sujeitos possui sua respectiva dungeon, uma imensa propriedade cheia de guardas e armadilhas próprias, e vos adianto que as dungeons dessa saga virão nas mais diferentes formas e eu falo SÉRIO. Vocês irão entender isso ao longo desse cordel. Pois bem, chega de enrolação, vamos agora finalmente falar sobre cada um dos protagonistas.


Mysterious Figure

Uma entidade tão desconhecida quanto seu próprio nome. E é ele a quem temos que agradecer pela tamanha força de vontade em marcar cuja reunião. O mesmo, assim como todos os outros sentados em volta da mesa, tem algo contra o Hero. Porém, ele parece ser o mais estrategista do grupo. Podemos traçar a personalidade dele como a de um sujeito muito calmo e educado, daquele que não toma decisões sob efeito da emoção e sim, da razão. Daquele que gosta de analisar meticulosamente todos os erros cometidos no passado a fim de não cometê-los novamente em seus esquemas futuros. Sua aparência me lembra bastante a do Mysterious Stranger, quem sabe se ele poderia ser o próprio? Só o futuro nos dirá.


Scarletta, a Feiticeira Escarlate

A diva, a convencida, a mulher do look todo baseado no vermelho escarlate, a mulher mais bela do mundo… Ou pelo menos é como ela se autoproclama. Como o próprio nome propôe, ela é uma feiticeira. Sua personalidade pode ser dita como a de uma pessoa arrogante e extremamente vaidosa. Ela costuma se referir as pessoas com quem conversa com o adjetivo: querido(a). Algo que também chama atenção na personagem é sua notável habilidade dedutiva, já que foi a única ali que conseguiu (ou ao menos a única que falou a respeito) entender a lógica por trás da manopla do Vaden.

Sem dúvida, sua característica mais marcante é a sua vaidade e o apreço pela beleza. Tamanha a ponto de ser refletida na aparência de sua própria dungeon. Ela é a dona da colossal Torre de Espelhos, que ofusca a visão de qualquer um que passe. Essa mesma torre é notável pelo fato de que algumas vezes, pode se ver uma marcha de garotas em direção à edificação. Juntar todos esses detalhes me faz acreditar que a Torre é feita de espelhos justamente para que quando ela estivesse lá, sua figura fosse reluzida para todas as direções.

Além do mais, o tema dessa dungeon provávelmente pode envolver cosméticos e muitos outros produtos de beleza. Já quanto a marcha de garotas, me faz deduzir que sua infantaria seja composta totalmente pelo sexo feminino, como se fossem amazonas mesmo, só que sem uma cultura “misândrica”.


Sekt, o Faraó da Pirâmide Invertida Quadrimensional

Sekt, seu nome me lembra o de um outro sujeito tão faraônico quanto (O Sek-Duat), mas pode ser apenas coincidência, já que não existe nada que ligue os dois realmente. O Sekt aparenta ser um sujeito piadista, como é possível perceber nas cutscenes, quando ele se dirige a dieta da Scarlatte ou quando discute com Vaden sobre o seu rosto.

Agora vamos falar sobre os poderes dele e sobre sua dungeon, cujo nome pode parecer estranho, mas vou explicar pra vocês. No campo da Física Teórica, existe uma Teoria-M, que diz que o Universo possui 11 dimensões. Isso é graças a constatações resultantes de algumas equações, mas não vamos entrar nesses detalhes. Vamos falar somente de 4, usarei alguns conceitos de geometria nas três primeiras pra que vocês entendam. Com 1 dimensão temos uma linha, com 2 um quadrado e com 3 um cubo. Com 4 dimensões temos as já 3 espaciais e agora contamos com a adição de uma em especial, o Tempo.

Nós não vemos o tempo como uma dimensâo física, apenas o sentimos “passar”. O fato da pirâmide ter 4 dimensôes significa que ela se relaciona com o tempo como se fosse uma estrada, onde ela vai para frente ou para trás como se fosse uma dimensão física. E assim como a pirâmide ele enxegar o tempo da mesma forma. Se por exemplo, eu existisse em 4 dimensões da realidade, eu saberia que nesse mesmo “momento” estou morrendo, bem como também nascendo, ou mesmo entrando para o blog exatamente “agora”! É bem viajado, eu confesso, mas é o que nos faz entender o que ele fala quando diz “Minha pirâmide é quadridimensional. É completamente possível que eu esteja aqui (e lá).” Ou seja, ele está no momento na reunião e ao mesmo tempo em algum ponto está cuidado de sua dungeon, e ao mesmo tempo também está enfrentando o Hero! É como ser onisciente de todo o seu destino desde o início da sua própria existência. Ele cita também uma suposta profecia do Hero ser derrotado pelo próprio Sekt, o que de fato é possível. Porém é notável que todos os 7 protagonistas tem potencial para derrotar o inimigo em comum, mas algo dá errado, então vamos esperar pra ver o que vai ser nesse caso, é bem possível que envolva coisas relacionadas a paradoxos temporais.

Agora vamos falar sobre sua dungeon, é uma pirâmide invertida que paira no céu e que viaja pelo tempo e pelo espaço, durante sua chegada é testemunhado ventos fortes e aparições de portais. Artix comentou em seu Facebook que a dungeon do Sekt vai contar com muitos puzzles (quebra-cabeças) e referencias a Doctor Who, sendo essa última provável que use o conceito do “maior por dentro do que por fora”. Ziri também comenta que a pirâmide do Sekt é bem bagunçada.


Ziri, o Sneevil

Um Rei Sneevil bem lelé da cuca, em termos cultos. Simplesmente, o personagem mais cativante dos 7. Por que? Talvez por ser, de todos em volta da mesa, o com o poder notável para acabar com Hero de uma vez por todas, tal poder que entra em paradoxo com sua presença notável de parafusos soltos. Ele compartilha uma característica com o Sekt, pois ambos são bem piadistas. Porém, ao contrário do nosso amigo faraó, Ziri não é bem compreendido, já que a maioria das coisas que ele fala não faz sentido algum (aparentemente). Ele se refere a ele mesmo na terceira pessoa e também tem uma espécie de fixação por sabores novos, como por exemplo, o relatado por ele próprio “Ziri quer saber como é o gosto de broto de bruxelas undead sabor gelatina.”… O que chama bastante atenção nele é o poder que possui. Ele possui um poderoso colar, que pode atender qualquer desejo que ele faça. Como por exemplo, ele desejou ao colar poder ver a pirâmide do Sekt com seus próprios olhos e assim o fez. Mas de primeira vocês poderiam pensar, por que ele simplesmente não deseja a morte do Hero? Não seria tão simples? Sem dúvida, ele é o sujeito mais enigmático, se partimos da hipotese de quem o colar tem poder ilimitado, então ou ele é completamente insano ou então ele é extremamente inteligente mas prefere se fingir de bobo. Porém se o colar possuir alguma limitação, esta seria algo como não poder interferir diretamente no livre-arbítrio de alguém, quem sabe? É provável que ele tenha os poderes de um deus! Sua dungeon com toda certeza será a mais random e também a mais divertida. Ela é descrita como uma “Fortaleza do Gato da Cidade das Nuvens com tubarões laser”, que provavelmente foi formada apartir da junção de vários de seus desejos aparentemente aleatórios. Há essa desconfiança dual, ou tudo foi friamente calculado ou o Ziri é com certeza apenas um maluco com grande poder nas mãos e que não se dá conta. Sendo que sua principal motivação é simplesmente sua imensa curiosidade para coisas que nós reles mortais não conseguimos imaginar…


Pax, o General Draconiano aka o Ídolo do Mikaeu

Pax, um sujeito rústico, mal humorado e brutal. Podemos defini-lo como um vívido amante das guerras, do combate e do derramamento de sangue. Quando ele vai falar sobre os humanos, costuma os tratar como seres inferiores (apesar de ,geneticamente, ser metade humano), o que é notável em alguns dizeres dele como “Hah! Humanosssss, tão fracosssss, tão patéticosssssss”. Outro detalhe que chama a atenção nele é que durante os seus discursos, ele tem uma espécie de sotaque bem puxado para a letra “S”, tipo “desssssse jeito, humanosssssssss”. Um de seus maiores prazeres é assistir a combates UFC até a morte, o mesmo ainda conta com uma arena próxima a um precípicio, a “Death Pit Arena”. Onde ele fica sentado num trono enquanto presencia a barbárie que tanto o cativa. Porém, Pax não se contenta só em assistir, ele também participa das lutas na arena, já que é notável a presença em seu corpo, de muitas cicatrizes de batalha. Outra característica é a falta de um dos lados da armadura, já que o lado direito não possui ombreiras ou mesmo uma manopla. O que leva a crer que ele usa sempre a mesma armadura, ou seja, por mais arrebentada e tingida de sangue que ela esteja, ele nunca irá trocá-la. Como se a armadura do jeito que está, carregasse consigo as lembranças, o odor, o tingimento por sangue de todas as suas lutas. Algo que chama a atenção no Pax também, é que ele carrega uma espécie de coroa, ela possui um brilho amarelo escuro, creio eu que ela aumente a força física, mas como todos os itens estranhos que essas 7 entidades carregam possuem maldições, hai de se pensar que essa mesma coroa também o tornaria sedento por sangue? Bem, isso também é algo que só o futuro nos dirá. Sobre a dungeon, provavelmente será algo que lembre bastante um coliseu romano, só que com um ar de desolação e como sendo uma instituição onde não existe um cargo para Remoção Cadavérica…


Xeven, a Ladra Viajante do Tempo

Levando em conta a localização dessa nova área no mapa de Lore que estamos descobrindo, notaremos que ela fica bem ao norte de Dwarfhold, e se olharmos bem a Xeven, perceberemos que ela é uma Drow. Sim, aqueles elfos de pele escura, pertencentes a mesma raça do finado Chaos Lord Vath. Ela me parece ser uma pessoa esperta e ao contrário dos outros em volta, ela é a que menos parece uma vilã de fato, pode ser que ela seja uma agente infiltrada. Como o título a define, ela é uma ladra que viaja no tempo, não se sabe se existe alguma relação entre ela e o Sekt, já que nosso amigo faraó possui habilidades similares. A mesma carrega consigo o que parece ser o seu dispositivo de viajem no tempo, que lembra um révolver ou um taser (arma paralizante). A próxima parte da saga se passará na dungeon dela, a Xeven quando começou a contar a sua história, disse que iria revelar o “futuro obscuro do Hero”. Talvez sobre ele e a Queen. Não nos esqueçamos que o Hero é o Eternal Dragon of Time, e talvez possua algum tipo de imunidade aos poderes dela quem sabe… Em um release que se passou no Mirror Realm, o Hero ressucita uma de suas habilidades, chamada Time Freeze, que como o nome sugere, congela o tempo. Não consigo imaginar como seria sua dungeon… Talvez ela não seja a dona original, apenas a roubou. Sua profissão me lembra a da Gemini do MechQuest.


VADEN, O CAVALEIRO DO CAPS-LOCK DA MORTE

Vaden é um atrapalhado cavaleiro undead. A sua dungeon marcou o ínicio da Throne of Darkness. Ele é dono de um crescente castelo feito de ossos, sua origem advém de sua manopla amaldiçoada roubada de uma dungeon do Grimskull, onde o Vaden provávelmente morreu. A questão é, tudo que morre numa dungeon daquele tipo, torna-se parte da dungeon, então como ele ainda está la pra contar história? Claro, ele agora é undead, mas deveria estar fazendo parte da arquitetura do lugar, não é mesmo? Mas vamos falar agora de sua manopla. Vaden é agora o dono desse artefato maldito, tudo que ele mata torna-se undead e consequentemente parte da sua dungeon, que está constantemente crescendo. Como foi deduzido pela Scarlatte, Vaden esse tempo todo carregava em sua mão a sua própria dungeon. O Hero foi relatado a partir do ponto de vista dele como um vandâlo invasor de propriedades, já que adentrou no seu castelo sem sua permissão, “quebrou” os seus guardas esqueléticos, ateou fogo em seu banquete e até mesmo roubou o ouro que o mesmo havia guardado, o que não o deixou nada feliz. Sua dungeon possui uma área de tortura, cheia de coisas fofas, ursinhos e kawaii desu relacionados, sendo Snuggle, um urso de pelúcia azul, o seu torturador oficial. Vaden também é um grande fã da série fictícea “Game of Bones” (Paródia de Game of Thrones), tão fã a ponto de sua biblioteca ser protegida por guardas undeads “cosplayando” os personagens da série. Vaden nem sempre foi dono do castelo, na verdade ele foi aprisionado lá, após confrontar o DeathKnight, dono do local, e vencer ele sem saber, se tornou o novo proprietário. VADEN TAMBÉM POSSUÍ A CARACTERÍSTICA NOTÁVEL DE SEMPRE CONVERSAR COM O CAPS LOCK LIGADO. ALÉM DE TER UM, HORRIVELMENTE FÉTIDO, MAL HÁLITO. TALVEZ ISSO VENHA DE SUA ALIMENTAÇÃO, JÁ QUE TUDO QUE ELE ESPETA COM O GARFO, SE TORNA TAMBÉM UNDEAD.

CangasBar

Numa determinada cena, Vaden diz “A MANOPLA EM MINHA MÃO… É UM ARTEFATO AMALDIÇOADO.” E a seguir todos pensam “Ele tem um artefato amaldiçoado também?” O que significa que todos eles possuem seu respectivo artefato, que é tanto sua maior dádiva como também sua maior maldição.

Mysterious Figure: Ao que tudo indica, há grande chance de seu artefato ser o grande capuz que cobre todo o seu corpo, lhe dando uma aparência sombria. Este mesmo capuz também possui uma aura escura e flamejante. Sua função até o momento é desconhecida.

Scarletta: No caso dela, há dois itens suspeitos de serem o artefato almadiçoado. Sendo estes: O cetro que ela carrega, que possui uma bola de cristal vermelho reluzente na ponta ou então é a sua tiara escarlate. Scarletta possui como características notáveis a sua inteligência e a sua beleza, creio eu que a tiara pode ser a fonte que lhe dá o “poder” da boa aparência. Já sobre o cetro, talvez ele tenha o poder de “embelezar” ou “enfeiurar” as coisas. Mas isso é só teoria, suas funções até agora também são desconhecidas.

Sekt: O cetro em forma de uma cobra Naja, uma espécie comum nos desertos, pode ser o seu artefato. Creio eu que seja usado para invocar a pirâmide. Mais uma vez, funções também desconhecidas.

Ziri: O colar dourado com um pingente em forma da cabeça de um gato. Como demonstrado nas cutscenes, o colar atende a qualquer desejo que o Ziri faça. Não se sabe quais ou se há limitações para o seu uso. Com certeza, é um artefato poderoso.

Pax: Ele tem uma coroa que chama atenção em relação ao resto de sua armadura pelo seu brilho amarelo escuro. Talvez ele seja a fonte de sua força. Pax é um draconiano, ou seja um hibrído entre humano e dragão, mas apesar da genética ele menospreza os humanos… Então eu penso que talvez ele seja 100% dragão e enquanto usa coroa o permite estar na forma de draconiano… É viajado, eu sei.

Xeven: Ela carrega consigo o que parece ser um révolver hi-tech (que provavelmente é também um chicote ala Indiana Jones). Possivel que seja uma geringonça configurável que ela usa para viajar para o passado ou para o futuro. Também não são conhecidas suas limitações.

Vaden: SEU ARTEFATO TEM A MALDIÇÃO DE TRAVAR O SEU CAPS LOCK NO LIGADO PARA TODA A ETERNIDADE!!1!!1!11 Como já sabemos, se trata de sua manopla, que foi roubada de uma dungeon do Grimskull. Ela faz com que qualquer coisa que o Vaden mate torne-se undead e, consequentemente, parte da dungeon, o crescente Castelo de Ossos. Ela foi arrancada pelo Herói, que no final provou-se estar tentando salvá-lo. O que pode significar que o Hero durante toda a sua aventura estará tentando libertá-los de suas maldições e que infelizmente, será imcompreendido.

CangasBar

É pessoal, vocês ainda vão ouvir muito desses 7 sujeitos. De fato, o AQW tava precisando de uma saga dessas, ela é bem humorada e cativante. O nosso amigo paladino escreveu essa esta história quando ainda tinha 13 anos, então imagine a felicidade dele em ela finalmente vir ao ar, num de seus ou talvez o mais famoso de seus jogos. Se você leu até aqui, eu te agradeço imensamente, este é o primeiro Cordel de Lore que escrevo, o que é uma honra e me desculpem por ele ter ficado IMENSO. Gostaria de agradecer ao Sufluiz, o Pirata do Suporte Técnico, por me fazer notar certos detalhes que eu sozinha não teria notado. Ao Mikaeu, pela criação desse quadro semanal, afinal se não fosse por ele, nossos Domingos nesse blog não seriam tão instigantes quanto. E é isso aí, me digam o que acharam, críticas e sugestões são sempre bem-vidas. Também busquem divulgar suas opiniões e teorias nos comentários e não se esqueçam de deixar aquele Like. Au revoir, leitores!

46 comentários em “Cordel de Lore #5 – Os Vilões de Throne of Darkness!”

  1. Bom post, eu achei a personalidade dos personagens bem cativantes, para mim a maioria deles me lembrou outros personagens ou figuras… Pax: me lembrou muito o rei Julio Cesar; Scarletta: parece bastante com a Medusa, que antes de ser amaldiçoada por Athena, era a mais bela do mundo; Xeven: para mim a versão malígna da Valencia; Vaden e Sekt: parecem ter sido inspirados em Vordred e Sek_Duat; Ziri: foi o único que não consegui relacionar com ninguém, o que o tornou para mim um dos personagens mais cativantes. Finalmente o Mysterious Figure, como você mesma disse Lumina, ele tem uma aparência bastante parecida com o Mysterious Stranger, mesmo sendo quase improvável que seja ele, pois suas personalidades não batem. Bom essa foi minha teoria da criação dos personagens, bom post eu flw.

  2. O sekt é sem dúvida nenhuma uma versão do doctor. O mysterious eu sei que vai ser foda mesmo, mas os dois que eu to mais ansioso é o bambam… digo o pax, e o ziri sa comé né eu quero enfrentar o tubarão com raio laser( eu quero um). Lumina porfavor não chore eu volto.

  3. Excelente postagem, querida moradora do mundo da lua.

    Essa dungeon do Sekt com referências à Doctor Who… melei-me mais uma vez. Não vou me aprofundar muito porque minha opiniões já foram expressas no post da cutscenes. Vamos esperar pra ver se a saga vai ter uma continuação e desfecho dignos do hype recebido.

  4. Gostei muito do seu cordel Lumina! Vou até ler os anteriores, pois não vou mentir, pulei alguns.

    Bom, para começar gostei muito de como desenrola o começo desta história, onde propõe-se a mostrar de uma forma lúdica e com uma concepção totalmente diferente das que já vimos. Em que, mostra o lado dos vilões como \”mocinhos\” que estão na deles e os ditos cujos \”heróis\” que invadem propriedades privadas! Em busca de \”recompensas\”.
    Está forma diferentona de mostrar o lado dos vilões é bem louvável e demostra a nós \”mocinhos\” que o que fazemos na verdade pode ser visto como algo egoísta, mesmo que para nós o que estamos fazendo é salvar o \”dia\”.
    Já comentei no xat sobre esse mangá, mas sou obrigada a comparar este modo de agir com ele, pois essa história me lembra muito o mangá Magi, onde o mesmo se trata de países querendo tomar o poder de outro para se tornar o único rei, mas que ao desenrolar da história vai mostrando o modo de agir e pensamento de cada um e, com isso, faz com que você fique em dúvida se esse país é realmente o vilão ou se na verdade aquele que você estava torcendo que é. Eu foquei tanto nisso pelo fato de me cativar bastante essas coisas de entender o próximo e para mim, essa saga tem tudo para ser ótima!

    Bom, me identifiquei tanto com a Escarletta, querida! (Mas o nome dela achei bem pobrinho)

    • Ooobrigadíssimo, Karin. Eu gosto muito quando se usa o conceito de \”bem e mal\” de um jeito relativo. Eu estou ansiosa por essa saga e, se houver, a de Dreadrock. É, o nome da Scarletta é tãaao… \”Redi the Red\”. Ansiosa também pra quando disponibilizarem o set dela, espero que tenha atalho por ACs, porque aí sim, eu compro!

  5. Moon acho que o não é esse o poder do Sekt não, pois uma vez que um objeto quadrimensional ocupe as 4 dimensões simultaneamente (obviamente) não haveria a necessidade de invocar a pirâmide pois ela já estaria lá, tendo vista que já esta ocupando toda a dimensão tempo… ela basicamente existe desde o primeiro segundo ao último segundo do universo… seria como a 4 dimensão ser ocupada como as outras 3 (espaço)

    • É, ela está em todos os lugares por onde passou, ou está atualmente ou estará do primeiro ao último segundo do Universo. Mas pensando unicamente desse jeito, para os seres de 3 dimensôes, haveriam infinitas pirâmides existindo ao mesmo tempo. Então quando ao \”invocar\”, eu me referi a fazer a \”verdadeira pirâmide\” vir na sua direção de algum ponto a \”estrada do tempo\”. É uma porra louca isso tudo, e acho até que to errando minha lógica. O negócio é que na DN do Jimmy The Eye, a pirâmide é descrita por ele como \”formato indiscritível de triângulos\”. Então ela deve parecer algo distorcido, negócio cafuso isso, vamos ver como que Artix vai representa-la.

  6. Hey , belo post ! Sobre o evento , ele é muito bom , só espero que o artix e cia não estraguem tudo botando itens pra member , até porque , o merge shop do vaden foi muito desmotivador (minha opinião) …

  7. Que daora, nem sabia que o aqw tinha iniciado esse arco… estava sem nada pra fazer no trabalho e decidi vim ler… foi um ótimo entretenimento…

    \”O nosso amigo paladino escreveu essa esta história quando ainda tinha 13 anos\”
    Nossa desde os 14 eu crio estórias bem loucas, espero também algum dia poder contá-las em forma de animação/jogos/filmes/livros pra todos xD.

    O que eu ainda acho que erram muito no aqw é não mostrar a força do Hero, na moral podiam focar mais em mostrar as habilidades de Dragon Time Lord, Morte, e sei lá mais o que ele é… A mesma coisa com o Artix e a Gravelyn, podiam focar mais em seus poderes de campeão das trevas e luz respectivamente…

    • Quanto as habilidades do Hero como Eternal Dragon of Time, só vi em um release, que foi do Mirror Realm. O Hero usou o \”Time Freeze\” pra parar a batalha entre Dage the Good e Dage the Evil. Lembrando que o Hero ainda não despertou todas as suas habilidades como Dragão do Tempo. Já sobre Artix e Gravelyn, eles sacrificaram seus poderes de Champions of Light/Darkness ao entregá-los pra gente antes de entrarmos no Chaos Realm. Obrigado pelo feedback ^^

      • Mas wtf? Pensei que um campeão tem seus poderes como uma constante, não como abrir mão disso… e que só deixavam de ser campeões quando fossem mortos, e então alguém herdava esse poder, um filho, ou o parente mais próximo vivo, se não houvesse algum vivo era passado para o ser mais propicio a tal poder que estivesse em vida…

        • Pois é, é meio estranho. E os poderes de Champion não são herdáveis, quando um morre/perde seus poderes, esse \”espiríto\” simplesmente renasce em outra pessoa, não necessariamente tendo alguma relação com a encarnação anterior.

          • Bom acho que tem sim, pois o Artix é filho do Dethrix, e a Gravelyn é Filha da… mãe dela -q kkk eu sei lá quem era a campeã da luz antes, mas ela era mãe da Gravelyn…

  8. Olá moderadores desconhecidos!
    Bem, eu parei de jogar aqw a algum tempo mas como sempre voltei e vim dar uma olhada no blog. E me deparo com este post sobre uma saga que ainda não joguei (mas espero). E particularmente falando gostei bastante do Sekt que me lembrou o deus egípcio Set. Embora eu não esteja lembrado de muita coisa sobre este assunto das dimensões uma coisa que me lembrei e que não vi ninguém comentar é sobre sombras, por exemplo, a nossa sombra é projetada na segunda dimensão e a sombra da nossa sombra na primeira, o que talvez nos faça ser a sombra de nós mesmos na quarta dimensão (como já dito no post, viajado eu sei), dessa forma Sekt estaria na quarta dimensão (sua dungeon por sinal) e quem estaria nesta reunião é sua sombra. Bem é um prazer ver que este blog não morreu e por favor corrijam-me, pois como disse não lembro muita coisa sobre o assunto.
    Bom post!

      • Cara é confuso eu sei mas é tipo isso. Sua sombra ela está na segunda dimensão pois não possui massa correto? Então se sua sombra tivesse uma sombra ela estaria na primeira dimensão. Nós na terceira dimensão podemos ver nossa sombra na segunda dimensão e a sombra de coisas na quarta dimensão (pesquisa ai no google que vai aparecer, eu acho) porém não podemos ver nada da primeira muito menos da quinta em diante porque estariam muito distante da nossa dimensão, ao menos não naturalmente.
        Espero que tenha dado para entender, porque o assunto é realmente complicado.

        • Ah! Uma coisa que esqueci de dizer é que quando eu falo dimensão não é como se nossa sombra fosse um ser vivo em outro universo. Aquilo que eu disse sobre nós sermos a sombra de nós mesmos foi uma brincadeira, porque, eu acho meio difícil imaginar como seria se eu fosse uma sombra tridimensional…

Partilhe sua opinião conosco!

%d blogueiros gostam disto: