O Novo Cordel de Lore #5: A história de Nulgath e da Nation

Olá a todos! Venho lhes trazer o quinto Cordel de Lore deste ano, o qual está super atrasado trata de ninguém menos que Nulgath, o Archfiend que vocês adoram fazer contratos aterroriza muita gente e domina o vazio, além de sua própria dimensão com a imponente Nation (que vocês também saberão mais a respeito). Ademais, vocês descobrirão como o demônio da Tazmania conseguiu esse patrimônio e como virou umas das maiores entidades do Mal. Então, sem mais enrolações, vamos nessa:


Aviso: Este post apresenta SPOILERS dos jogos: AdventureQuest, AdventureQuest Worlds e Oversoul. Se vocês pretendem jogar e descobrir a história deste personagem por conta própria, interrompam a leitura agora mesmo. Entretanto, se vocês não se importam com isso (ou já sabem muito sobre este personagem), podem ler a vontade!

barra

Parte 1: O guardião dos portões infernais e o início de um exército

Resultado de imagem para miltonius aqw

Nulgath antes de se tornar o capiroto dos contratos líder dos demônios

Nos primórdios de Lore, uns 10.000 anos atrás (ou mais), Nulgath, antes de se tornar o Archfiend imponente, era apenas um guardião de nome Miltonius, o qual defendia vários portões localizados em uma dimensão povoada de vários demônios, ele exercia essa função para evitar que seres entrassem ou saíssem daquela região. Além disso, tais portões davam acesso a outras dimensões, e quem os dominasse poderia querer conquistar os reinos de fora e tentar fazer o mesmo com aquela região. Por essa razão, a proteção destas aberturas era vital, Miltonius, provavelmente, havia sido designado para essa tarefa por algum demônio (ou demônios) superiores, os quais prezavam pela estabilidade, o guardião facilmente conseguiu esse cargo, visto que demonstrava ser um guerreiro mais poderoso que a maioria dos seres daquela dimensão. Em relação ao seu equipamento, Miltonius usava uma lança como arma, a qual mais tarde seria conhecida como Spear of Nulgath (o primeiro dos diversos itens ”of Nulgath” que existem).

Miltonius como guardião dos portões


Um dos principais portões daquela dimensão infernal


 Miltonius com sua famosa lança


Por muito tempo, Miltonius defendeu esses portões contra vários tipos de invasores, mas ele também caçava os mandantes de tais seres. Assim, o guardião deixava rapidamente seu posto para ir até o covil de seus inimigos, Miltonius enfrentava alguns exércitos quando se destinava ao castelo desses monstros. Entretanto, o guardião dos portões mostrava sua superioridade frente a esses seres com seu incrível poder, matando e limpando o chão com várias criaturas no processo.

O exército inimigo prepara-se para atacar Miltonius


Miltonius intercepta o ataque de um monstro com apenas uma mão


O guardião demoníaco desferindo um grande poder em seus inimigos


Miltonius extermina vários monstros com sua lança


Logo, Miltonius simplesmente destrói o exército e ruma para o covil inimigo, ele matava estes seres com uma facilidade tão grande, que, com isso, confirmava-se o porquê dele matar quase todo jogador em um hit ter sido encarregado de sua tarefa. Em seguida, Miltonius chega no castelo do mandante e põe fim a vida do inimigo sem pensar duas vezes. Após anos nessa vida, o guardião demoníaco finalmente é promovido a General do Abismo, um dos postos mais altos daquela dimensão. Com isso, por meio de contratos, ele passa a reunir alguns demônios para obter a alma deles e se fortalecer, em troca, Miltonius oferecia armas e equipamentos de alto valor, nessa época, ele obtém a famosa Oblivion Blade (mais tarde conhecida como Oblivion Blade of Nulgath), a qual continha um espírito que (às vezes) é leal ao seu portador (como Miltonius tinha muita moral, facilmente dominou a espada). Assim, ele criava aos poucos uma organização que viria a se tornar no maior exército daquela dimensão, e, enquanto aumentava seu ”patrimônio”, Miltonius evoluía para uma forma mais poderosa.

OBoN.png

A imponente Oblivion Blade


Miltonius acaba com todo o exército de monstros


O guardião demoníaco chega ao covil para terminar sua missão

barra

Parte 2: O senhor absoluto do ”inferno” e a fundação da Nation

Miltonius em processo de evolução acelerada 

Com o passar de milênios, Miltonius acaba evoluindo de Magikarp para Gyarados e muda radicalmente sua aparência e personalidade, tornando-se uma criatura séria, horrenda e mais poderosa, que conhecemos hoje como Nulgath, ele aproveita o seu incrível poder e exército para dominar toda a dimensão em que vivia, matando seus superiores e os que eram leais a eles, e assim ele renomeia a dimensão para Tercessuinotlim (que ao contrário significa Miltonius Secret, mas todos já sabem disso). Após isso, Nulgath finalmente consolidava seu exército e criava oficialmente a Nation (também é chamada por alguns de Demons’ Nation), o ex-guardião ainda se autoproclama o ArchFiend (Arqui-demônio é claro), uma espécie de regente demoníaco e absoluto, nesse meio tempo, ele também é acompanhado por Neesha, uma fiel companheira que era obcecada (até demais) por Nulgath. Logo, o Archfiend, não satisfeito com o que tinha, pretendia expandir seus territórios atravessando os portões e invadindo outros reinos (ironicamente o contrário do que ele fazia), com isso, ele realiza uma invasão bem-sucedida ao Void. Após o ataque, os seres sobreviventes passam a servir o Archfiend, além de que aquela dimensão passa a ser o local onde Nulgath guardaria vários segredos, tais como as almas de seus subordinados e os contratos de seus ”clientes”. Sem demora, Nulgath também manda a Nation invadir o submundo, entretanto eles não obtém pleno êxito e só conseguem dominar boa parte daquela região, uma vez que o submundo era mais dividido do que a África pré-imperialismo possuía muitos governantes e dominá-lo por completo não era tarefa fácil.

Neesha, o ”braço direito” de Nulgath naquela época


O Void, uma dimensão estranha que rapidamente foi dominada pela Nation


Resultado de imagem para underworld aqw

Um trecho de uma região do submundo que Nulgath dominou


Após séculos, Nulgath aumenta seu poder e evolui mais, adquirindo quatro olhos e mais massa muscular, ele aproveita para criar o Shadow of Nulgath, uma espécie de guarda-costas pessoal (invisível aos ”mortais”) que estaria sempre próximo dele. Com o passar de mais alguns anos, o Archfiend continua ”recrutando” mais seres  (demônios, mortos-vivos e outros) para a Nation, dentre eles, um guerreiro amargurado chamado Dage, este último se torna o comandante mais notável em toda a organização, o que obviamente chama a atenção de Nulgath. No entanto, o que o Archfiend não sabia, é que aquele ser viria a se tornar não só seu maior erro, como também seu maior inimigo.

Resultado de imagem para miltonius

A verdadeira forma do Shadow of Nulgath


Imagem relacionada

barra

Parte 3: A esperada guerra e o aparente fim do lich supremo

Nulgath bodybuilder evoluído e Neesha, ambos esperando um ataque iminente

Após mais séculos, um pequeno exército crescia dentro da Nation e o Archfiend já notava isso, Dage, que estava prestes a conseguir a Marca da Maestria e se libertar do contrato, acaba sendo traído por seu melhor amigo e é aprisionado eternamente ao submundo por Nulgath. Entretanto, o lich supremo não desistiria de tentar acabar com Archfiend e se libertar da Nation. Sem demora, Dage organiza uma revolta com seu exército e inicia uma guerra contra Nulgath, que esperava o ataque ao lado de Neesha, aos poucos uma marcha era sentida pelo chão daquela dimensão.

Um pequeno exército surge no horizonte, com Dage na vanguarda


O pequeno exército do lich se mostra gigantesco


Neesha prepara seu chicote sith laser


Logo, Dage chega chegando e diz que não possui mais medo de Nulgath e que estava pronto para derrotá-lo, o Archfiend chama o lich de ingênuo e que ele não tinha noção do que estava fazendo. Em seguida, Neesha, furiosa com o ataque, fica prestes a atacar, mas Nulgath a interrompe e diz que ele deve ”cuidar” da criança do lich e que a Nation não era necessária, e então Dage fala que o reinado do Archfiend estava prestes a terminar (será?). Com isso, Nulgath não consegue controlar sua raiva e ataca, mas Dage usa seu poder para interceptá-lo, em seguida, ao invés de avançar contra Nulgath, o lich supremo manda seu exército atacar os dois demônios, Dage pretendia cansar os dois para então atacá-los, uma vez que ele sabia que seus oponente eram muito poderosos.

Dage conversa e intimida Nulgath 


Dage carrega seu poder para interceptar o Archfiend


Nulgath fica pistola e ataca furiosamente


Após algum tempo, o plano de Dage não funciona e Nulgath e Neesha derrotam todo o exército com facilidade, como último recurso, o lich supremo usa seu poder máximo, ele ataca o Archfiend e sua parceira com esferas de energia e invoca várias espadas, e assim Dage consegue ferir Nulgath e Neesha, esta última fica incapacitada de lutar. Em seguida, o Archfiend corre em direção ao lich e ataca ferozmente, Dage não consegue deter o capeta Nulgath e é gravemente ferido pelas garras do tinhoso oponente.

Resultado de imagem para nulgath vs Dage

A incrível batalha de Nulgath contra Dage (esta é uma arte oficial que faria parte da continuação da animação desta guerra, porém o trabalho não chegou a ser terminado)


Por fim, o senhor do ”inferno” sai vitorioso e, ao invés de finalizar seu oponente, simplesmente retira parte da alma e bane o corpo verdadeiro de Dage, o qual acaba saindo humilhado da batalha e desaparece daquele local. Depois do confronto, Neesha provavelmente morre ali, uma vez que nunca mais aparece ou é citada, Nulgath provava sua superioridade na batalha, mas o que ele não imaginava é que a vingança de Dage estava longe de acabar… Enquanto isso não se concretizava, a Nation crescia cada vez mais.

barra

Parte 4: O inesperado apoio contra o caos e a queda do arqui-demônio

Nulgath completamente evoluído e com uma nova arma

Após vários milênios até os tempos atuais, Nulgath continua a evoluir e fica mais monstruoso e poderoso e, como se isso não bastasse, ele ainda consegue a poderosa Overfiend Blade, que é basicamente a evolução da Oblivion Blade. Logo, com sua administração perspicaz, o Archfiend  expande a Nation a níveis colossais, a ponto de vários aventureiros se oferecerem para entrar em seu exército, mas atraídos principalmente pelos raros e valiosos equipamentos (não mintam dizendo que vocês entraram pra servi-lo), esses guerreiros chegam a Tercessuinotlim por meio do portal de Citadel, o acesso mais conhecido de Lore para tal dimensão. Ademais, durante esses vários milênios, Nulgath conseguiu recrutar uma equipe poderosa e temível de lacaios, como Oblivion, Dilligaf, Klunk, Revontheus e outros, os quais eram tão misteriosos quanto ele. Entretanto, mesmo com essa ascensão gloriosa, a Nation ainda perdia em número para a Undead Legion, a organização que Dage fundou e fez prosperar de tal modo que estava prestes a superar a rival. Então, a fim de aumentar a expressividade da Nation, Nulgath acaba se aliando a Sepulchure, um ser surpreendentemente mais poderoso que ele e líder da Shadowscythe, o qual era um império muito mais poderoso que a Nation e a Legion em Lore, esta aliança se mostrou muito vantajosa para o Archfiend, uma vez que a Nation ganhou mais poder diplomático e conseguiu mais guerreiros.

O portal de Tercessuinotlim em Citadel


Resultado de imagem para oblivion aqw

Oblivion, o mais sacana misterioso servo de Nulgath


Imagem relacionada

Os maiores e leais guerreiros da Nation


Com o passar de algum tempo, Sepulchure acaba sendo morto por Drakath, e assim a filha dele assume o posto como imperatriz, apesar da perda de reputação da Shadowscythe, Nulgath jura lealdade a Gravelyn por todo histórico do pai dela, além de que ele se junta a aliança contra o caos. Contudo, durante vários meses nessa guerra caótica, o apoio do Archfiend é bem reduzido, Dage e a Legion foram muito mais úteis na guerra que Nulgath e sua organização. Por bastante tempo, o Archfiend se concentrou em proteger sua dimensão e em fazer ”negócios”, foi assim até o auge da guerra no monte DoomSkull, local onde ocorreu morte do (a) herói (ina), porém o (a) guerreiro (a) não desistiria nem mesmo morto (a), e faria qualquer coisa para voltar a vida. Logo, quando o (a) herói (ina) vaga pela dimensão da morte, Nulgath, inesperadamente, aparece diante dele (a) e diz que sentia que a imperatriz estava em perigo, e assim o Archfiend concorda em ajudar o (a) herói (ina) a voltar a vida e dar energia para o Dracolich da Shadowscythe, por meio de um contrato, o (a) guerreiro (a) poderia ser transferido para o submundo e de lá poderia ir ao Monte DoomSkull, mas, para isso, ele (a) deveria matar a própria morte. Sem demora, o (a) herói (ina) assina o contrato e procura a morte para enfrentá-la, e então uma longa batalha se inicia, mas a encarnação do Eterno Dragão do Tempo é bem sucedida e acaba ganhando os poderes da própria morte.

Nulgath oferece o contrato para o (a) herói (ina)


A energia do (a) guerreiro (a) ajuda a reerguer o Dracolich


Nulgath explica os termos de uso e política de privacidade, mas o (a) herói (ina) não lê (ninguém lê) e assina do mesmo jeito


Logo, com a ajuda de Nulgath (quem diria, não é?), a aliança consegue derrotar Drakath e a paz é restaurada. Entretanto, no decorrer de algumas semanas, quando o Archfiend achava que teria sossego descanso, Dage the Evil acaba iniciando uma guerra contra Nulgath, este último reuni seu exército e ruma em direção ao submundo, o palco da guerra. Após dias, o conflito se mostra acirrado, Nulgath parecia estar com a vantagem, porém Dage consegue reverter a situação usando o Oblivion’s Gate, portal que levava a Oversoul, onde a Legion prende e derrota muitos integrantes da Nation. Em seguida, Nulgath não se dá por vencido e invoca mais guerreiros, mas Dage usa seu poder para ”convertê-los” em lacaios da Legion e o Archfiend é solenemente trollado fica sem opções, e então ele tenta partir para o ataque sozinho.

O confronto entre os dois nêmesis se inicia


Resultado de imagem para underworld war aqw

A guerra atinge o auge em Oversoul


Dage usa seus poderes para transformar os lacaios de Nulgath


Finalmente, Nulgath acaba sendo derrotado e é humilhado por Dage (parece que o jogo virou não é mesmo?), sendo banido para Oversoul no processo estratégico, Nulgath falava para si que Dage, sem saber, deixou um presente para o Archfiend, o qual já planejava o retorno e os planos futuros. Então, após alguns meses, o lich supremo faz a festa domina todo o submundo e consegue conquistar boa parte da dimensão de Nulgath, enfraquecendo bastante a Nation. Contudo, para não deixar sua organização ser destruída, o Archfiend ainda iria mostrar seu plano de retomada em um futuro não muito distante.

Onde é que eu estou? Será que estou perdida? Será que estou na lagoinha?

barra

Parte Final: O domínio de Oversoul e o retorno da glória demoníaca 

Resultado de imagem para nulgath oversoul

Nulgath evolui para sua forma final em Oversoul

Depois de mais alguns meses, enquanto estava naquela dimensão pacífica, Nulgath evolui para sua forma final e definitiva, o Archfiend ainda colocava seu plano em prática, o qual consistia em transformar os habitantes daquela dimensão em demônios e ”repovoar” a Nation com eles. Sem demora, Nulgath consegue entrar em contato com Dirtlicker (que significa Sujeira… Isso mesmo que vocês leram, coisa da Alina, na certa), o comandante do que restava da Nation. Durante a conversa, o Archfiend dizia que os planos dimensionais de Lore e da dimensão OverSoul estavam quase em realinhamento, ele instrui seu subordinado a estabelecer um portal para seu retorno ao Lore, e assim uma maneira de ligar permanentemente os planos bidimensionais poderia ser estabelecida. Então, o comandante acaba pedindo a ajuda do (a) herói (ina), pois ele queria garantir que não iria acabar como a última pessoa que falhou com Nulgath, e assim ele força o (a) guerreiro (a) a vir pelo contrato que havia sido estabelecido  anteriormente (sim, aquele mesmo de matar a morte).

ZGDoyEI.png

Dirtlickero comandante da Nation na ausência de Nulgath


Nulgath ordena que seu lacaio se apresse em ligar o portal a TV na copa do mundo na sua empreitada


Dirtlicker surge misteriosamente e diz que o (a) herói (ina) não havia se livrado do contrato de volta a vida


Sem poder recusar, o (a) herói (ina) acaba aceitando ajudar, pois corria risco de sua alma ser jogada ao Void, Dirtlicker e seu ”benfeitor” vão em direção a uma base de resistência da Nation, tal local continha o portal que era necessário para o retorno de Nulgath, porém a base estava lotada de guerreiros da Legion. Então, após obter os recursos necessários para o portal, o (a) herói (ina) e o comandante derrotam vários soldados, e assim eles conseguem adentrar no local, o qual era um dos poucos abrigos da Nation (aquele local era cheio de homenagens, dentre elas, a principal era a estátua de Balor, o Warfiend responsável pela fundação do lugar). Quando os dois estavam prestes a chegar no portal, são interceptados pelo High Legion Inquisitor, o encarregado de guardar o local. Sem demora, o (a) guerreiro (a) enfrenta seu oponente, como sua vida dependesse disso (e dependia), após uma boa batalha, ele consegue ser vitorioso, Dirtlicker parabeniza seu parceiro e então inicia o ritual, o comandante ativa o portal e o rosto macio, sedoso e lindo de Nulgath aparece. Então, o Archfiend diz, com brutalidade, que seu novo ”braço direito” fez um ótimo trabalho (uma mensagem tão empolgante como os discursos do atual presidente), e assim Nulgath destrói o contrato e o faz pegar fogo.

ISKBZUz.png

Balor, um dos generais mais competentes de Nulgath, ele é o único responsável pela fundação desta Fortaleza da Nação. Foi ele que liderou o ataque à Legião que ocupou esta seção do submundo e saiu vitorioso. É por causa dele que o Archfiend pode voltar ao Lore mais uma vez (estas palavras arrepiam a espinha)


qkYZa3r

O poderoso guardião responsável por proteger o local (ele também tem ótimos drops)


Nulgath queima o contrato e (desta vez) liberta o (a) herói (ina)


Por fim, Dirtlicker diz para seu mestre atravessar o portal, mas Nulgath diz que não era o momento para isso, pois havia muito o que ganhar em OverSoul, o Archfiend pretendia continuar a criar demônios e mandá-los à Lore até que aquela dimensão fosse totalmente destruída. Em seguida, Nulgath complementava dizendo que iria retornar e acabar com Dage com as próprias mãos (ele só não sabia que o lich estava que nem o John Cena), até isso ocorrer, o comandante deveria liderar a Nation e não deveria falhar. Após isso, Nulgath envia vários demônios e some por um tempo, Dirtlicker fica grato pelo exército e pelo trabalho bem feito, e assim ele agradece ao (à) herói (ina), dizendo que poderia dar muitos equipamentos de alto valor para ele (a). Entretanto, o (a) guerreiro (a) recusa (mentira, ninguém recusa, isso é um péssimo script) e diz que tinha coisas mais importantes a tratar (outra mentira descarada, o (a) herói (ina) de AQW só quer saber de dormir debaixo da árvore de Battleon), e assim Dirtlicker diz que seu parceiro (a) era bem-vindo ali a qualquer momento,  o (a) herói (ina) vai embora e o comandante segue em direção aos seus aposentos para descansar. Após isso, a Nation consegue se reerguer e escapar da extinção e, apesar de que o exército do Archfiend estava bem longe de ser o que já foi um dia, é possível que um novo confronto contra Dage e a Legion ocorra, até lá, Nulgath continuará a sugar a vida de Oversoul e não desistirá até alcançar seu objetivo final, matar o lich supremo.

barra

Então, é isso jovens. Espero, realmente, que vocês tenham gostado do Cordel do Miltão Nulgath, e, sim, eu sei que demorei bastante para postá-lo, acabei me enrolando novamente, mas, desta vez, vou tentar postar o próximo Cordel neste sábado ainda (ele é de um personagem poderoso!), para tentar compensar o atraso. Aliás, aquele na esquerda da última imagem é o Hoguorotus, não cortei a imagem porque ela iria ficar descaracterizada, então, créditos para ele também. Bom, sem mais enrolações e vocês? O que acharam deste Cordel? Nulgath retornará algum dia ou ficará eternamente de férias em Oversoul? Alguma teoria sobre uma nova guerra (além da teoria da Ada, é claro) ou do próximo Cordel? Comentem aí para nós do blog! Desejo a todos um bom dia! Até logo mais!